A edição histórica do Cine Ceará começou!

Atualizado: 9 de Dez de 2020



O Cine Ceará – Festival Ibero-americano de Cinema do Ceará começou neste sábado (05) a sua edição histórica. Com 30 anos de realização ininterrupta, o festival se renova, adapta-se ao atual cenário de pandemia da covid-19 e reafirma o compromisso com a promoção e a valorização do audiovisual, com uma programação híbrida.

A solenidade de abertura foi exibida às 20h na tela do Cineteatro São Luiz, com acesso restrito a convidados seguindo os protocolos de biossegurança, e também no canal do Cine Ceará no Youtube. O Canal Brasil, parceiro há 30 anos do Cine Ceará, homenageou o festival com um vídeo onde contou um pouco da história do evento, resgatando momentos que marcaram três décadas de sua realização.

O diretor do Cine Ceará, Wolney Oliveira, falou sobre as oportunidades que o festival traz para todos os envolvidos, como a visibilidade que é dada ao audiovisual ibero-americano, o intercâmbio entre produtores e a promoção de novos talentos. “Não é todo dia que um evento completa 30 anos de atividades, portanto, é uma noite de comemorar conquistas e agradecer. Agradecemos a todas as instituições e empresas que nos apoiaram ao longo desses 30 anos. Agradecemos também a todas as equipes que produziram e que produzem esse festival, que estão aqui hoje trabalhando neste festival”, destacou. Wolney Oliveira lembrou também da colaboração do festival com a formação de inúmeros profissionais do audiovisual cearense. “Sempre focando no tripé formação, produção e difusão”, disse.

O Secretário de Cultura do Ceará, Fabiano Piúba, em vídeo destacou a importância do audiovisual e da cultura para o estado. “É um festival que tem uma característica, que tem um perfil, que tem uma identidade cultural, porque ele é ibero-americano”, disse. “A partir do momento que o Cine Ceará se identificou como ibero-americano, acho que ele se viu diante do espelho e trouxe essa identidade cultural, que para mim é muito importante. Então, dá uma ideia de travessia, uma ideia de percurso”, continuou.

Após a solenidade teve início a Mostra Competitiva Ibero-americana de Longa Metragem. Até o dia 11 de dezembro o 30º Cine Ceará terá exibido, sete longas na Mostra Competitiva Ibero-americana, 15 filmes na Mostra Competitiva Brasileira de Curta-metragem, 26 filmes na Mostra Olhar do Ceará, sendo quatro longas e 22 curtas, três longas nas Mostras Sociais (O Primeiro Filme a Gente Nunca Esquece, Melhor Idade e Mostra Acessibilidade), cinco curtas na Mostra Hábitos e um longa como exibição especial na noite de encerramento.