cine.png
Ministério do Turismo, Governo do Estado do ceará e Secult apresentam:

festival

ibero-americano de cinema

 
de 05/12 a 11/12/2020 
  • Facebook
  • Instagram
  • Flickr
  • Youtube

O Festival

15º CINE CEARÁ – FESTIVAL NACIONAL DE CINEMA DE VÍDEO

3 a 9 de junho de 2005

Homenageados

Emiliano Queiroz
Pedro Jorge de Castro
Rosemberg Cariry
Saturnino Braga

Concorrentes

Longa-metragem
A marca do terrir, Ivan Cardoso (Brasil)
A pessoa é para o que nasce, Roberto Berliner (Brasil)
Bens confiscados, Carlos Reichenbach (Brasil)
Moacir, arte bruta, Walter Carvalho (Brasil)
Por 30 dinheiros, Vânia Perazzo Barbosa e Ivan Hiebarov (Brasil)
Quanto vale ou é por quilo?, Sérgio Bianchi (Brasil)
Seo Chico, José Rafael Mamigonian (Brasil)

Curta-metragem
A velha e o mar, Petrus Cariry
Balaio, Luiz Montes
Canoa veloz, Tibico Brasil e Joe Pimentel
Cavalhadas de Pirenópolis, Adolfo Lachtermacher
Entre paredes, Eric Laurence
Habanera, Joana Oliveira
Intimidade, Camila Gonzatto
Messalina, Cristiane Oliveira
Momento trágico, Cibele Amaral
Narciso Rap, Jeferson De
O vampiro, Douglas Alves Ferreira
O xadrez das cores, Marco Schiavon
Sobre quando não se tem nada a dizer, Cássio Pereira
Veja & ouça – Maria Baderna no Brasil, André Francioli
Curta-metragem metalinguístico de baixo orçamento ou Aceita mais café?, Byron O’Neill
Noturno, Daniel Salaroli
O cão sedento, Bruno de Sales
O homem da mata, Antonio Luiz Carrilho
1 ano e 1 dia, João Xavier, Antônio Amaral e Rafael da Costa
Ave Maria: Mãe dos oprimidos, Camilo Cavalcante
Consegui o que queria, Juliana Gomes
Cortejo – O grande pênis branco, Grupo Grupo
Meu nome é Paulo Leminski, Cezar Migliorin
Miragem, Gustavo Arantes
Moderno mundo moderno, Flávio Andrade Meirelles
O fim do homem cordial, Daniel Lisboa
O Japonês da Coréia, Rodrigo Castelhano
Paola, Eduardo Chaves
Sexo com objetos inanimados, Érico Campos Rassi
TV Muro, Fábio Britto e Simone Lara
Vende-se este rio, Marcos Costa

Premiados

Longa-metragem
Júri
Betse de Paula / Liege Nardi / Luiz Alberto Santana Zakir / Paulo Halm /Pola Ribeiro

Melhor longa-metragem:
A PESSOA É PARA O QUE NASCE − Roberto Berliner
Melhor direção:
Carlos Reichenbach (BENS CONFISCADOS)
Melhor fotografia:
Mário Carneiro e Dib Lufti (SEO CHICO, UM RETRATO)
Melhor edição:
Paulo Sacramento (QUANTO VALE OU É POR QUILO?)
Melhor roteiro:
Sérgio Bianchi, Eduardo Benaim e Newton Cannito, (QUANTO VALE OU É POR QUILO?)
Melhor som:
Juarez Dagoberto (POR 30 DINHEIROS)
Melhor trilha sonora original:
Júlio Medaglia (A MARCA DO TERRIR)
Melhor direção de arte:
Renata Tessari (QUANTO VALE OU É POR QUILO?)
Melhor ator:
Werner Schüneman (BENS CONFISCADOS)
Melhor atriz:
Betty Faria (BENS CONFISCADOS)
Ator coadjuvante:
Lázaro Ramos (QUANTO VALE OU É POR QUILO?)
Atriz coadjuvante:
Ariclê Perez (QUANTO VALE OU É POR QUILO?)
Prêmio especial do júri:
MOACIR ARTE BRUTA RISCO − Walter Carvalho

Curta-metragem
Júri
Ailton Franco Júnior / Marcus Mello / Nirton Venâncio / Patrícia Martín / Silas de Paula

Melhor filme 16mm:
CURTA-METRAGEM METALINGÜÍSTICO DE BAIXO ORÇAMENTO OU
ACEITA MAIS CAFÉ? − Byron O’Neil
Melhor filme 35mm:
INTIMIDADE − Camila Gonzatto
Melhor direção:
Joana Oliveira (HABANERA)
Melhor fotografia:
Roberto Iuri (CANOA VELOZ)
Melhor edição:
Eric Laurence (ENTRE PAREDES)
Melhor roteiro:
Cristiane Oliveira (MESSALINA)
Melhor trilha sonora original:
Naná Vasconcelos (ENTRE PAREDES)
Melhor som:
Nicola Hallet (ENTRE PAREDES)
Melhor direção de arte:
Maíra Coelho (INTIMIDADE)
Melhor ator:
Fernando Alves Pinto (INTIMIDADE)
Melhor atriz:
Vanise Carneiro (MESSALINA)

Vídeo
Melhor vídeo:
MEU NOME É PAULO LEMINSKI − César Migliuorin
Melhor direção:
César Migliuorin (MEU NOME É PAULO LEMINSKI)
Melhor fotografia:
Emerson Pessoa (SEXO COM OBJETOS INANIMADOS)
Melhor edição:
João Maria (AVE MARIA:
MÃE DOS OPRIMIDOS)
Melhor roteiro:
Érico Campos Rassi (SEXO COM OBJETOS INANIMADOS)
Melhor direção de arte:
Paulinho Pessoa (MIRAGEM)
Melhor ator:
Ester França e Juliana Macedo (MIRAGEM)
Melhor som:
Osmar Assis e Felipe Machado (AVE MARIA:
MÃE DOS OPRIMIDOS)
Prêmios especial do júri:
CORTEJO − O GRANDE PÊNIS BRANCO − Grupo Grupo
Prêmio animação:
O VAMPIRO − Douglas Alves Ferreira
Melhor produção cearense:
CANOA VELOZ − Tibico Brasil e Joe Pimentel

Patrocínio VIP

Patrocínio

Apoio Cultural

ctavoutra-possivel-assinatura---SIGNIKA.

Agradecimento

Exibidor Oficial

aPOIO

Apoio Institucional

Apoio-CineTeatro-sãoluiz-logo.png
IDM.png
Captura_de_Tela_2019-08-18_às_17.44_edit
Captura_de_Tela_2019-08-18_às_17.44_edit

Realização

A Associação Cultural Cine Ceará comemora o cinema brasileiro e Iberoamericano, para reconhecer e apoiar novos cineastas, e para aumentar a consciência, acessibilidade e compreensão da arte entre um público amplo e diversificado.

endereço

Rua Monsenhor Catão 1.413

Casa 33 - Meireles

Fortaleza - Ceará - Brasil 

CEP: 60.175-000

Contato

contatos@cineceara.com

 
Assessoria de Imprensa Local
DÉgagÉ

www.degage.com.br

degagecomunica@gmail.com

Assessoria de Imprensa Nacional

Primeiro Plano

www.primeiroplanocom.com.br

julia@primeiroplanocom.com.br

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Flickr Social Icon
receba nossa newsletter