cine.png
Ministério do Turismo, Governo do Estado do ceará e Secult apresentam:

festival

ibero-americano de cinema

 
de 05/12 a 11/12/2020 
  • Facebook
  • Instagram
  • Flickr
  • YouTube
  • Facebook
  • Instagram
  • Flickr
  • Youtube

O Festival

10º CINE CEARÁ – FESTIVAL NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO

9 a 15 de junho de 2000

Homenageados

Fernando Solanas
Francis Vale
Edna Fuji
Linduarte Noronha
Raimundo Padilha
Michel Régnier
Senador Lúcio Alcântara
TELEMAR
Grupo Edson Queiroz
Ibermídia

Concorrentes

Cinema
Aldeia, Geraldo Pioli
De janela pro cinema, Quiá Rodrigues
O pedido, Adelina Pontual
Texas Hotel, Cláudio Assis
Rota de colisão, Roberval Duarte
Outros, Gustavo Spolidoro
Um sonho de Ícaro, Dirceu Lustosa
Os outros, Fernando Mozart
Passadouro, Torquato Joel
Dama da noite, Mário Diamante
Deus é pai, Allan Sieber
Tropel, Eduardo Nunes
Bubula, o cara vermelha, Luís Eduardo Jorge
São Luís Caleidoscópio, Hermano Figueiredo
O último dia de sol, Nirton Venâncio

Vídeo
Hein?!, Maurício Vidal, Renan de Moraes e Sérgio Yamasaki
O herói do sertão, Iziane Mascarenhas
Nelson 40°, Carlos Sanches
O ciclo do caranguejo, Adolfo Lachtermacher
Piada de Jesus, Carlos Magno
O papel das flores, Edgard Navarro
Cabeça quente, Ricardo Piologo
Amorte, Camilo Santos Cavalcante
O pico do cogumelo, Renato Murta Rezende
Deixa ficar, Chico Terra
Viagem de trem, Clarck Kenji
Não deu tempo, Tibico Brasil
Sal da terra, José Louzeiro

V Mostra Internacional de Novos Talentos
Un paraíso bajo das estrellas, Gerardo Chijona (Espanha / Cuba)
Glória, Manuela Viegas (Portugal / França / Espanha)
Jeanne et le garçon formidable, Olivier Ducastel (França)
O dia da caça, Alberto Graça (Brasil)
Garage Olympo, Marco Bechis (Argentina / Itália)

Premiados

Cinema
Júri
Rosemberg Cariry / Geórgia Mastroianni / Ademar Oliveira / Amílcar Claro / Carlos Cortez / Márcio Câmara

Melhor roteiro:
Quiá Rodrigues (DE JANELA PARA O CINEMA)
Melhor direção de arte:
Jefferson de Albuquerque Jr. (O ÚLTIMO DIA DE SOL)
Melhor fotografia:
Walter Carvalho (PASSADOURO)
Melhor montagem:
Flávio Zettel (ROTA DE COLISÃO)
Melhor desenho sonoro:
Paulo Mulayert e Paulo Brandão (ROTA DE COLISÃO)
Melhor animação:
Quiá Rodrigues (DE JANELA PARA O CINEMA)
Melhor ator:
Gilberto Gawronsky, (DAMA DA NOITE)
Melhor atriz:
Hermilla Guedes (O PEDIDO)
Melhor direção:
Mário Diamante (DAMA DA NOITE)
Melhor filme de curta-metragem:
TEXAS HOTEL − Cláudio Assis
Melhor produção cearense:
NÃO DEU TEMPO − Tibico Brasil

Vídeo
Júri
Pedro Jorge Castro / Verônica Guedes / Fernando Coster / José Luís Peixoto Pola Ribeiro / Tarcísio Pequeno

Melhor roteiro:
Edgar Navarro (O PAPEL DAS FLORES)
Melhor fotografia:
Hans Herold (O PAPEL DAS FLORES)
Melhor edição:
Margarita Hernández (NÃO DEU TEMPO)
Melhor trilha sonora original:
Ivan Ferraro (O HERÓI DO SERTÃO)
Melhor vídeo de animação:
HEIN? − Mauricio Vidal, Renan de Moraes e Sérgio Yamasaky
Melhor ator:
Caio Graco (SAL DA TERRA)
Melhor atriz:
Antonieta Noronha (DEIXA FICAR)
Melhor direção:
Camilo Santos Cavalcante (AMORTE)
Melhor vídeo:
AMORTE − Camilo Santos Cavalcante
Menção especial do júri
Melhor vídeo animação:
O PICO DO COGUMELO − Renato Murta Rezende
Melhor vídeo documentário:
O CICLO DO CARANGUEJO − Adolfo Lachtermarcher
Melhor vídeo:
AMORTE − Camilo Santos Cavalcante

V Mostra Internacional de Novos Talentos
Prêmio especial do júri
Alberto Graça (O DIA DA CAÇA)

Melhor filme de longa-metragem
GARAGE OLYMPO − Marco Bechis