cine.png
Ministério do Turismo, Governo do Estado do ceará e Secult apresentam:

festival

ibero-americano de cinema

 
de 05/12 a 11/12/2020 
  • Facebook
  • Instagram
  • Flickr
  • Youtube

O Festival

5º CINE CEARÁ | FESTIVAL NACIONAL DE CINEMA E VÍDEO

27 de maio a 2 de junho de 1995

Homenageados

Sem homenageados

Concorrentes

Filmes
Cachaça, Adelina Pontual
Rock e Hudson – A pistola automática do Dr. Brian, Otto Guerra
Roberto, Amílcar Claro
Naturezas mortas, Penna Filho
A festa, Jaime Lerner
O amor não acaba às 15:30, Marcus Moura
Bela estranha, Érica Oliveira
Babaçu, Lyonel Lucini
Vala comum, João Godói
Vítimas da vitória, Berenice Mendes
Cartão vermelho, Laís Bodanzky
Babel Bum, Eduardo El Kobbi
Geraldo voador, Bruno Vianna
A fila, Kátia Maciel
Extingue, Eduardo Caron
Século XVIII – A colônia dourada, Eduardo Escorel
Molecagem, brincadeiras de rua, Maurício S. Quarise
Dente por dente, Alice de Andrade
Maracatus, maracatus, Marcelo Gomes
Bernardo, Élis Fleury de Campos Curado – escritor, PX Silveira
Lumpet, Ricardo Elias
Batucada, Roberto Miller
Hetérios, a comédia, Fernando Belens
Instruções para dar corda no relógio, Eliana Coster
Nó na garganta, Camilo Tavares
O profeta das cores, Leopoldo Nunes
Miséria, Sérgio Luís Audi

Vídeos
Tupi tour, Eduardo Quintino e Cléber Alves
Pega ladrão, Denoy de Oliveira
O escravo, Luiz Vianna
O último fazedor de canoa, Jussara Locatelli e Fernando Morim
A perna cabiluda, Beto Normal
Xingó – A escalada de um rio, Denísio Diamantino
Amores de rua, Eunice Gutman
Septour, Gustavo Guimarães
O tempo todo, Telmo Carvalho, Marcos Albuquerque e Hemetério
Súbito stacatto, Paulo Weideback
Onde estás, coração?, Pedro Limaverde
Girândolas – Brinquedos, promessas e fé, Ronaldo Duque
Borracha para panela de pressão, Glauber Filho e Tibico Brasil
Ameaça aos índios, Luiz Brito
A poesia de cada um, Klaus Zencousky
O estranho, Orlando Maneschy
Sertão mar, Marcus Vilar
A dama da sétima arte, Kermes
Salamaleque, Lima Shamie
Vida de santeiro, Ione Coelho
Meninos da roça, Paulo Pestana
O alvo, Lília Moema
Maxacali – o povo do canto, Marcelo Brum
A morte no Edifício Império, Beto Sousa
Ezequel, Estevan Silveira
Fragmentos da seca, Eduardo Ribeiro
Caligari cover, Eduardo Ribeiro
Conceição da Lagoa, Bebel Orofino
Nove, Fábio Almeida e Juvenal Pereira
O canal, Carlos Baliú
Futurando, Flávio Barone
Na boca da urna, Ismael Furtado
Taking aim, Mônica Frota
Jurema sagrada, Elisa Cabral
Gentileza, Luiz Eduardo
Dois candangos, Tânia Montoro e Armando Bulcão
Água morro acima, Letícia Maria

Premiados

Cinema
Júri
Orlando Senna / Carlos Augusto Calil / Mário Augusto Carneiro / Moacir Costa Lopes / Sérgio Sans / Walter Lima Júnior

Melhor filme:
VALA COMUM − João Godói.
Melhor direção:
Marcus Moura, O AMOR NÃO ACABA ÀS 15:30
Melhor direção de arte:
Maurício Sotto (DENTE POR DENTE)
Melhor roteiro:
Eduardo Caron (EXTINGUE)
Melhor montagem:
Marília Alvim (O AMOR NÃO ACABA ÀS 15:30)
Melhor trilha sonora:
Lulu Camargo (VALA COMUM)
Melhor fotografia:
Jane Malaquias (MARACATUS, MARACATUS)
Melhor interpretação coletiva:
elenco indígena (EXTINGUE)
Melhor produção cearense:
O AMOR NÃO ACABA ÀS 15:30 − Marcus Moura

Vídeo
Júri
André Parente / José Euclides Barbosa / Maurício Capovilla / Máximo Del Cappio / Nélson Hoelneff / Sávio Leite Pereira

Melhor vídeo:
A PERNA CABILUDA − Beto Normal, Gil Vicente, João Júnior, Marcelo Gomes
Melhor direção:
Glauber Filho (BORRACHA PARA PANELA DE PRESSÃO)
Melhor fotografia:
Luis Misakawa (SÚBITO STACATTO)
Melhor roteiro:
Beto Normal, Gil Vicente, João Júnior, Marcelo Gomes (A PERNA CABILUDA)
Melhor edição:
Tibico Brasil, Glauber Filho, Sandro Faço (BORRACHA PARA PANELA DE PRESSÃO)
Melhor montagem de documentário:
Marcos Vilar (SERTÃO MAR)
Melhor montagem de ficção:
Paulo Weideback (SÚBITO STACATTO)
Melhor ator:
Joca Andrade (O ALVO)
Melhor atriz:
Tatiana Soares (O CANAL)
Melhor animação:
O TEMPO TODO − Telmo Carvalho, Marcos Albuquerque e Hemetério
Melhor direção de arte:
Luiza Bairão (O CANAL)
Melhor trilha original:
Marcos Viana (MAXACALI)

Menções especiais do júri
CARTÃO VERMELHO − Laís Bodanzky
BELA ESTRANHA − Érika Oliveira
BRINCADEIRA DE RUA (animação) − Maurício Squarls
Antonieta Noronha (atriz de O AMOR NÃO ACABA ÀS 15:30)

Patrocínio VIP

Patrocínio

Apoio Cultural

ctavoutra-possivel-assinatura---SIGNIKA.

Agradecimento

Exibidor Oficial

aPOIO

Apoio Institucional

Apoio-CineTeatro-sãoluiz-logo.png
IDM.png
Captura_de_Tela_2019-08-18_às_17.44_edit
Captura_de_Tela_2019-08-18_às_17.44_edit

Realização

A Associação Cultural Cine Ceará comemora o cinema brasileiro e Iberoamericano, para reconhecer e apoiar novos cineastas, e para aumentar a consciência, acessibilidade e compreensão da arte entre um público amplo e diversificado.

endereço

Rua Monsenhor Catão 1.413

Casa 33 - Meireles

Fortaleza - Ceará - Brasil 

CEP: 60.175-000

Contato

contatos@cineceara.com

 
Assessoria de Imprensa Local
DÉgagÉ

www.degage.com.br

degagecomunica@gmail.com

Assessoria de Imprensa Nacional

Primeiro Plano

www.primeiroplanocom.com.br

julia@primeiroplanocom.com.br

  • Facebook Social Icon
  • Instagram Social Icon
  • Flickr Social Icon
receba nossa newsletter